Autoprodução de energia: a tendência para grandes empresas.

Empresários visionários de grandes indústrias e fazendas têm optado pela autogeração buscando reduzir seus custos com energia elétrica, e consequentemente de produção, garantia de abastecimento e se livrar de alguns encargos setoriais que oneram a tarifa de energia, além de contribuir com a matriz energética nacional.


Mas o que significa ser um autoprodutor de energia elétrica?


O autoprodutor é o consumidor que opta por investir em fontes de geração limpa, construindo usinas capazes de suprir sua necessidade energética, total ou parcial tornando-se autossuficiente.


O autoprodutor de energia elétrica também pode vender energia no mercado de curto prazo caso gere mais energia do que a necessária para o consumo, o que pode acontecer dependendo da sazonalidade de cada empresa.


Quem pode ser autoprodutor de energia elétrica?

O consumidor que deseja se tornar um autoprodutor de energia precisa operar no Mercado Livre de Energia. Ou seja, consumidores com fatura de energia superior a R$ 45.000,00 (Demanda Contratada igual ou superior a 500 kW por unidade ou somando as unidades com o mesmo CNPJ).

Quais são os benefícios em se tornar um autoprodutor de energia elétrica?

  • Redução de custos

  • Segurança

  • Rentabilidade

  • Apelo sustentável


A autoprodução de energia é extremamente vantajosa para indústrias e desde que realizada a partir de muito estudo e responsabilidade. Por isso, sempre opte por empresas de confiança e tradição.

A Simer Energia está no mercado há mais de 18 anos prestando consultoria e assessorando empresários a lidar com a energia elétrica dos seus negócios baseados em economia, eficiência e consciência. Somos a maior empresa de auditoria de energia elétrica do país.

Cadastre-se no nosso site, fale com um dos nossos consultores especialistas e saiba tudo o que precisa saber sobre Autoprodução de energia para o seu negócio.


6 visualizações0 comentário